Sete Dias de Inverno CaDA 637x232

Videodança
Realização de Henrique Pina | Coreografia de Bruno Duarte
Estreia a 6 de março de 2020, no Auditório Osvaldo Azinheira – Academia Almadense, Almada

 

As Saturnais eram festas imperiais que decorriam na antiguidade Romana em adoração a Saturno, deus da agricultura.
Durante sete dias do mês de dezembro, Roma transformava-se e as normas sociais eram invertidas, em celebração da liberdade e de um novo ano agrário.
O espírito dessas festividades passou de povo em povo, transbordou fronteiras e permanece séculos mais tarde sob vários nomes e formas, adornadas pelos costumes de quem as acolheu.
Nas vilas de Trás-os-Montes, no norte de Portugal, os rituais em louvor à liberdade, à juventude e aos deuses pagãos transportam o simbolismo de outros tempos. Uma celebração à vida que se propaga pela multidão.
E o povo dança.

O Fio autoras CaDA 2020

Dramaturgia de Ana Lázaro | Coreografia de Inês Pedruco
Estreia a 5 de junho de 2020, no Auditório Municipal Fernando Lopes-Graça, Almada

 

"O Fio” fala sobre a relação entre pessoas: sobre os fios que nos ligam, e que nos permitem sentir próximos uns dos outros. Da forma como certos fios nos conduzem, nos libertam ou nos fazem sentir seguros, mas também nos amarram, se embaraçam e confundem.
Num espetáculo criado a partir da linguagem das crianças, e colocando o foco no pensamento da infância, vamos explorar a ideia de distância: física e metafórica, brincando e explorando as emoções associadas às ligações humanas, à conquista de autonomia, às relações familiares e afetivas, e ao sentimento de solidão. Este é um espaço em que construímos uma história mas também se procuram levantar questões, ideias e impulsos. Um espaço em que procuramos escutar a voz das crianças e jovens e pesquisar as suas perceções acerca da sua própria capacidade de gerar fios.

Espetaculo 30 anos CaDA b

Espetáculo do 30º. aniversário da Companhia de Dança de Almada
Criação de Bruno Duarte, com participação dos atuais e antigos bailarinos
Apresentação a 18 e 19 de setembro de 2020, no Teatro Municipal Joaquim Benite, Almada

 

No ano em que se celebram 30 anos da sua criação, a Companhia de Dança de Almada propõe desenvolver um novo trabalho coreográfico, a cargo de Bruno Duarte, que se debruça sobre duas outras efemérides de 2020 - a celebração dos 60 anos de "Psycho" (1960), de Alfred Hitchcock, e os 40 anos sobre a morte do realizador (1980).

Neste desafio, o coreógrafo propõe-se lançar um olhar contemporâneo sobre o objeto histórico, numa exploração dialética entre o presente e o passado. A noção de “suspense” será um dos principais conceitos a trabalhar, mas também a ironia e o meta-drama.

Para além da atual equipa artística, no espetáculo participarão antigos bailarinos da Companhia de Dança de Almada, numa celebração da sua história e do seu trabalho.

Contactos

    

Rua Manuel de Sousa Coutinho, 11

2800-163 Almada

Tel: +351 212 583 175

Fax: +351 212 500 524

E-mail: geral@cdanca-almada.pt

Ca.DA Escola

 

Rua Manuel de Sousa Coutinho, 11

2800-163 Almada

Tel +351 212 500 145

E-mail: escola@cdanca-almada.pt

Seg. a Sex., 16:00 às 20:00

Quinzena de Dança de Almada International Dance Festival

Financiamento

REPUBLICA PORTUGUESA CULTURA branco

dgartes horizontal PB cinza fundos escuros

3CMA cor horizontal copy